Geração Z: 7 lições de finanças para os jovens

A educação financeira tem um papel importante na vida das pessoas desde cedo para que tornem-se adultos conscientes quando o assunto é dinheiro. Ao contrários dos pais que pensavam no investimento em bens materiais, a Geração Z quer investir em experiências, como viagens e intercâmbios, e serviços do dia a dia, como transporte, alimentação e momentos de lazer. 

Chega uma fase da vida em que os jovens precisam ser mais preocupados com as suas economias, já pensando no futuro, certo? Por isso, é importante que os pais ensinem aos filhos adolescentes como valorizar o dinheiro e organizar a vida financeira para aproveitá-la da melhor forma, e que os jovens busquem ter esse hábitos. Para ajudar no controle e a viver em equilíbrio com as economias, reunimos sete lições de finanças neste post. Confira!


Defina seus objetivos 


É importante definir os seus objetivos de vida que envolvem finanças, assim você tem ideia do quanto precisa economizar para fazer aquela viagem dos sonhos, investir em um intercâmbio ou fazer um curso que vai agregar à sua vida profissional. Além disso, você sabe em quanto tempo deve alcançar a sua meta e os cortes de gastos que deve fazer para ter a quantidade de dinheiro ideal. Isso vai variar dependendo dos planos de cada pessoa, mas é sempre necessário dar esse passo inicial definindo os seus objetivos.


Informe-se e estude sobre finanças


Hoje em dia, é simples obter informações para aprender a organizar as próprias finanças. Elas estão disponíveis em canais do YouTube que falam sobre educação financeira, como o Me Poupe, além de podcasts, cursos e livros que abordam o mundo da economia. Além disso, os bancos também oferecem informações para auxiliar seus clientes em relação aos investimentos, entender o cenário econômico, comparar taxas e fazer aplicações que encaixam com seu perfil financeiro. Por isso, é importante os jovens adquirirem o hábito de ir atrás dessas informações e usá-las para melhorar a vida financeira, além de pesquisar as melhores opções entre os bancos e fazer negociações que tornam o seu dinheiro mais rentável. 


Saiba o seu perfil e os riscos 


Para ter segurança sobre as suas finanças no futuro, defina qual é o seu perfil no momento de fazer um investimento. Você precisa saber qual é a sua flexibilidade para arriscar-se em investimentos que podem fazer o seu dinheiro render mais ou, algumas vezes, não. Para saber o perfil, lembre-se dos seus objetivos financeiros e da quantia que você tem para investir. Uma dica é diversificar os locais onde você faz a aplicação e nunca fazer em uma única, tentando distribuir as suas economias com base nos riscos e possibilidades econômicas futuras. 


Tenha uma reserva financeira


A Geração Z tem o hábito de não querer acumular ou fazer grandes investimentos, como falamos no início do texto. Mas, quando o assunto é o futuro, é importante planejar-se e poupar um dinheiro para momentos de emergência. Com os seus objetivos e seu perfil definidos, organize uma planilha ou escreva qual a renda que você gostaria de ter por mês e como pode poupar para ter uma reserva financeira estruturada. Existem diversos caminhos para você investir ou guardar seu dinheiro, por isso pesquise os melhores e mais seguros de acordo com o seu perfil.


Faça uma planilha


Tire um tempo para fazer uma planilha e definir a porcentagem da sua renda que será destinada às necessidades básicas que você definiu; por exemplo: lazer, reservas de emergência, qualificação profissional - como cursos e eventos - e investimentos que possuem objetivos específicos, como intercâmbios.


Controle as vontades


Na hora das compras pessoais ou para a sua casa, por exemplo, tenha consciência do que você realmente precisa e do que está com vontade de ter. No planejamento financeiro, defina em porcentagem qual será o gasto com necessidades e vontades, estabelecendo prioridades. Em relação ao planejamento, outra dica é criar uma planilha, seja à mão, no computador ou em aplicativos, onde você pode anotar o quanto ganha e gasta. Dessa forma, fica mais fácil administrar o seu dinheiro!


Invista em estudos


Vamos reforçar neste post: investir na sua educação e adquirir novos conhecimentos nunca é demais! Separe uma parte da sua renda para fazer cursos de extensão, pós-graduação ou idiomas, pois eles valorizam o seu currículo e vão te ajudar a alcançar os seus objetivos no mercado de trabalho, uma garantia de ter uma renda melhor no futuro.

Se você faz parte da Geração Z, que tal aderir a essas dicas na sua vida financeira a partir de hoje? Compartilhe essas lições com seus amigos! Acompanhe o nosso blog para mais dicas de como organizar a sua vida pessoal: 

My Image

Cadastre-se Agora e Ganhe uma Bolsa de Estudos